Estrutura organizacional

Superintendência de Controle e Avaliação Técnica

Superintendente: Tatiana Tavares Silva Pereira
Endereço: Rua Sebastianinha Silvânia, s/n (em frente ao terminal rodoviário)
Telefone: 64 3626-1144
E-mail: secsaudesab@gmail.com
Horário de Funcionamento: Segunda a Sexta das 07h às 12h

Competências

Lei 453/2013, Art. 11, § 4º- À Superintendência de Controle e Avaliação Técnica compete


I- Elaboração de toda a programação municipal, contendo, inclusive, a referência ambulatorial especializada e hospitalar, com incorporação negociada à programação estadual;


II- Gerência de unidades próprias, ambulatoriais e hospitalares, inclusive as de referência;


III- Gerência de unidades ambulatoriais do estado, da União e do município, salvo se a CIB ou a CIT definir outra divisão de responsabilidade;


IV- Reorganização das unidades sob gestão pública (estatais, conveniadas e contratadas), introduzindo a prática do cadastramento nacional dos usuários do SUS, com vistas à vinculação da clientela e sistematização da oferta dos serviços.


V- Garantia da prestação de serviços em seu território, inclusive os serviços de referência aos não-residentes, no caso de referência interna ou externa ao município, dos demais serviços prestados aos seus munícipes, conforme a PPI, mediado pela relação gestor-gestor com a SES e as demais SMS;


VI- Normalização e operação de centrais de controle de procedimentos ambulatoriais e hospitalares relativos à assistência aos seus munícipes e à referência intermunicipal;


VII- Contratação, controle, auditoria e pagamento aos prestadores de serviços ambulatoriais e hospitalares, cobertos pelo TFGM;

 

VIII- Administração da oferta de procedimentos ambulatoriais de alto custo e procedimentos hospitalares de alta complexidade conforme a PPI e segundo normas federais e estaduais;


IX- Operação do SIH/SUS, conforme normas do MS, e alimentação, junto às SES, dos bancos de dados de interesse nacional;


X- Manutenção do cadastro atualizado de unidades assistenciais sob sua gestão, segundo normas do MS.


§ 9º À Divisão de Controle de Endemias compete a coordenação e o  controle das ações do município relativas às endemias

Desenvolvido por